quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

4-Nationers Turnering 2011 - Denmark

Olá pessoal, antes de ontem terminou, aqui na Dinamarca, o 4-Nationers Turnering 2011, que realizou jogos entre as seleções da Dinamarca, Tunísia, Suécia e nós do Brasil. Os jogos foram realizados em três cidades diferentes, em ginásios lotados, com toda a estrutura que as seleções de alto nível precisam!


Na ARENA MIDT KJELLERUP, em Fredag, a Suécia passou pela Tunísia com o placar marcando, ao final, 24x19, enquanto nós do Brasil, apesar de termos feito um excelente jogo, principalmente no 1º tempo, não conseguimos conter os donos da casa e sua estrela Mikkel Hansen, que nos bombeou com tiros de 12m, terminando com o placar em 39x30, porém com o 1º tempo bem mais apertado, com um 17x16 para os nórdicos.


No dia seguinte, em Lørdag, na TRE-FOR ARENA KOLDING, foi a vez de jogarmos contra os tunisianos, mas acabamos fazendo nosso pior jogo do torneio. Com um 1º tempo medíocre de nossa parte e a seleção da Tunísia impondo um ritmo muito forte, chegaram a abrir 9 gols de diferença, diminuida para 18x12 no final desta etapa, para os africanos. Na segunda etapa melhoramos um pouco, porém não conseguimos a vitória. Com um “sprint” no final do jogo, diminuimos essa vantagem, e o placar se encerrou marcando 35x30. No jogo seguinte assistimos um clássico do handebol mundial, Suécia x Dinamarca, que, como não poderia ser diferente, foi muito bem jogado e disputado, terminanado empatado em 29 gols, apesar de a Suécia ter conseguido abrir uma boa vantagem no 1º tempo.


No ultimo dia do torneio, fomos à Søndag, jogar no MCH Hal B contra os suecos, anfitriões do Campeonato Mundial que se iniciará amanhã (13/01). Começamos muito bem, e a disposição mostrada no jogo contra a Dinamarca havia voltado, porém com os gols do meia esquerda Kim Du Rietz (12), a Suécia abriu 22x11 no 1º tempo. No segundo tempo os surpreendemos com uma raça, dedicação, vontade e determinação fora do comum, que deveríamos adotar como nossa marca registrada, chegando a deixar os comandados do Steffan Olsson cerca de 10 minutos sem fazer gols. E quando estava 25x20 o ex-meia direita da seleção sueca pediu tempo, o necessário para esfriar os ânimos e encerrar a partida num 38x26 que não representou o que foi o jogo na verdade! Logo após, encerrou o torneio um jogo bem morno, as seleções da Dinamarca e Tunísia se enfrentaram, com a vitória dos europeus por 26x20 (16x11). 


Hoje escrevo de Copenhagen, aonde viemos passar a noite para embarcarmos rumo Estocolmo de manhãzinha cedo.

Um forte abraço a todos e obrigado pelos votos de sucesso no mundial!

Um comentário:

Carol disse...

Força pra vocês!!! Acaba com eles Rei da Praia...estamos na torcida!